Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes


1. Água quebra jejum?
Não. Mas convém tomá-la com moderação. O excesso interfere nos exames de urina.
2. A alimentação interfere nos resultados de exames?
Habitualmente, é recomendado um período de jejum para a coleta de sangue para exames laboratoriais. Após as refeições, a circulação de certos elementos provenientes da alimentação pode interferir em algumas metodologias laboratoriais e
prejudicar a realização do exame. Alguns exames sofrem influência da dieta prévia à coleta, como por exemplo a dosagem de triglicérides.
3. Jejum muito prolongado altera resultados de exames?
Sim. Para glicemia o jejum máximo é de 14 horas. As Recomendações da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) para coleta de sangue venoso orientam que devem ser evitadas coletas de sangue após períodos muito prolongados de jejum? acima de 16 horas, de maneira geral.
4. Exames que pedem jejum têm de ser feitos sempre de manhã?
Classicamente, a melhor condição para coleta de sangue para realização de exames de rotina é o período da manhã, embora não exista contra-indicação formal de coleta no período da tarde, salvo aqueles parâmetros que sofrem modificações significativas no decorrer do dia (exemplo: cortisol, TSH, etc.). Assim, obedecendo-se ao tempo estipulado de jejum, alguns exames podem ser colhidos à tarde. O horário em que foi realizada a coleta deve ser informado ao médico no laudo.
5. Como deve ser a alimentação para os resultados dos exames serem confiáveis?
Para alguns exames pode ser sugerida uma dieta especial, mas para a maioria, o indivíduo não deve alterar sua rotina alimentar, a menos que haja orientação médica. Apenas deve-se respeitar o período de jejum recomendado para os exames que irá realizar.
6. O que é dieta habitual?
É alimentar-se conforme seus hábitos do dia-a-dia, sem modificações. Para alguns exames meu médico diz que não é preciso jejum e pelas instruções do laboratório o jejum é necessário. Qual orientação seguir? Habitualmente, é recomendado um período de jejum para a coleta de sangue para exames laboratoriais. Para evitar a interferência da dieta, o período de jejum para a coleta de exames laboratoriais de rotina, geralmente, é de 8 horas, podendo ser reduzido para 4 horas para a maioria dos exames. Porém, em situações de urgência, o médico pode solicitar a realização de exames sem o jejum.
7. Medicamentos interferem em exames laboratoriais?
Alguns, sim. Podem causar variações nos resultados de exames laboratoriais, seja pelo próprio efeito fisiológico, in vivo, seja por interferência analítica, in vitro. Dentre os efeitos fisiológicos, devem ser citadas a indução e a inibição enzimáticas, a competição metabólica e a ação farmacológica. Dos efeitos analíticos são importantes a possibilidade de ligação preferencial às proteínas e eventuais reações cruzadas. Portanto, informe os remédios que esteja tomando ao atendente antes do exame, inclusive vitaminas, fitoterápicos e medicações não prescritas por médicos. A suspensão de medicamentos para realização de exames deve ser autorizada e orientada pelo seu médico. Se a interrupção não for possível, esse dado deverá ser considerado na avaliação do resultado. O paciente não deve estar em uso de antibiótico para a realização de cultura bacteriana.
8. Pode-se fazer exame de sangue com gripe, resfriado ou febre?
Alguns exames são solicitados exatamente porque a pessoa está com febre, para identificar sua causa. Porém, em algumas circunstâncias, a doença responsável pela febre pode interferir nos exames destinados a avaliar aspectos metabólicos e imunológicos. Consulte o seu médico ou o laboratório antes de fazer o exame.
9. O paciente deve suspender os medicamentos antes da coleta de sangue?
Não. A suspensão de medicamentos somente pode ser autorizada pelo médico assistente e seu uso deve ser mantido conforme orientação do mesmo. Alguns exames são realizados exatamente para avaliar o efeito do uso do medicamento. Para drogas de monitorização terapêutica, cuja coleta de sangue é sugerida imediatamente
antes da próxima dose, é conveniente o paciente trazer consigo o medicamento em uso, para evitar ultrapassar o horário programado para a medicação.
10. Bebida alcoólica e o fumo podem alterar resultados de exames?
O uso e bebida alcoólica deve ser suspenso de 24 a 72 horas antes da realização dos exames por interferir mas dosagens de triglicérides e provas hepáticas. O fumo deve ser suspenso no dia da realização do exame por interferir no teste de agregação plaquetária e curva glicêmica.
11. Materiais de fezes, urina e esperma devem ser entregues imediatamente ao laboratório após a coleta?
O material de fezes permite ser refrigerado por até 12 horas. O esperma e a urina devem ser entregues ao laboratório o mais rápido possível, desde que a coleta em casa seja realizada seguindo as orientações de higienização passada pelo laboratório.
12. Para alguns exames meu médico dispensa jejum, e pelas orientações do laboratório é necessário. Qual orientação devo seguir?
A boa prática laboratorial recomenda que para cada exame há necessidade de orientação específica. Desta forma as orientações dadas ao paciente não podem ser
generalizadas e aplicadas rigorosamente. Cada paciente, cada exame e cada situação devem ter suas particularidades analisadas de forma a se obter a maior grau de confiabilidade dos resultados.
13. Para colher o exame de fezes e urina é necessário estar em jejum? Urina só pode ser colhida no laboratório?
Ambos não precisam ser colhidos em jejum. Para o exame de fezes não precisa ser a primeira evacuação do dia. Já o de urina os médicos tem preferência quanto a primeira urina do dia, mais quando não for possível, pode ser colhida em qualquer horário, desde que tenha pelo menos 2 horas de retenção urinária. A urina tipo I pode ser colhida em casa, mas a cultura urinária o ideal é que seja colhida no laboratório.
14. Menstruação interfere nos exames?
O exame de urina deverá ser realizado três dias após o período menstrual. Se tiver alguma urgência, a paciente deverá fazer assepsia no momento da coleta e fazer uso do tampão vaginal para que o sangue menstrual não se misture com a urina.
15. Por que quando se tira sangue, as vezes o local fica roxo?
O extravasamento de sangue para fora de uma veia provoca o aparecimento da cor arroxeada no local da punção. Pode ocorrer em pacientes quem tem veias finas e frágeis, falta de boa compressão no local da punção após a coleta, em uso de alguns medicamentos (ex: aspirina) ou anticoagulante. Para evitar o hematoma não dobre o braço após a coleta, usar blusas com mangas mais frouxas e evitar carregar pesos (ex: bolsas e sacolas). Se caso ocorrer o hematoma realizar compressas de água morna no local comprometido várias vezes ao dia.
16. Atividade física ou esforço físico atrapalha os exames laboratoriais?
Alguns exames sofrem alterações devida a prática de atividade física, por exemplo, PSA. Glicose e Prolactina.
17. Após uma coleta de sangue de rotina, qual o intervalo de tempo recomendado para iniciar a prática de um exercício físico ou retorno às atividades habituais?
A coleta de sangue não é procedimento impeditivo para a prática de exercício físico. Cada caso deve ser avaliado individualmente, ficando a decisão final para o próprio paciente conforme orientação médica. A ingestão de alimento é necessária para encerrar o estado de jejum, antes da prática esportiva.
18. A glicose de jejum e a glicose pós prandial devem ser colhidas no mesmo dia?
Esta coleta deve ser feita preferencialmente no mesmo dia em que se colheu a glicose de jejum. Não sendo possível, pode-se colher o sangue para glicose pós prandial no dia seguinte. O exame de glicose pós prandial exige que o (a) paciente retorne ao laboratório 02 (duas) horas após o início do almoço (considerar horário da primeira garfada), para uma nova coleta de sangue. Devido a importância do horário da coleta da glicose pós prandial, solicitamos a presença do cliente no laboratório 10 minutos
antes de completar as duas horas.
19. É permitido tomar café puro ou adoçado antes da coleta?
Não. Diferentemente da água,a ingestão de café causa interferência nos resultados de determinados exames.
20. Posso receber o resultado dos meus exames verbalmente pelo telefone?
Não. Somente os resultados com valores críticos são passados pelo bioquímico por telefone ao paciente ou para o médico.
21. Paciente menor de idade pode realizar o seu exame?
Somente será exigida a presença do responsável para a realização dos exames de HCG, HIV e Triagem de drogas de abuso.
22. Quanto tempo leva para a entrega dos resultados?
Disponibilizamos os resultados de seus exames no menor prazo possível, porém deve-se levar em conta que cada exame tem procedimentos clínicos diferentes. Caso você tenha alguma necessidade como antecipação de resultados, fale com a
recepcionista no momento de seu atendimento.
23. Perdi o meu protocolo com a senha e login de acesso no site,como faço para resgatá-los?
Para a sua segurança mande uma mensagem na página de contato ou ligue para nós no 33-3321-2422.
24. Meu resultado de exame pode ser entregue sem o protocolo e para terceiros?
O resultado será entregue mediante a apresentação do protocolo ou da identidade do paciente que realizou o exame. É somente entregue o resultado para terceiros, quando o paciente autorizar no momento de atendimento pela recepcionista, caso contrário somente o próprio paciente pegará seu resultado.
WhatsApp WhatsApp
Santa Monica Mobile

FREE
VIEW